1 de mai de 2009

paz sublime




É na sinergia que vejo a paz sublime
No conhecimento que na
Obra de Deus reside
Na disciplina de absorver tudo
Que a sabedoria transmite
Há tanto para ser percorrido,
Respire fundo e não hesite


Quando os primeiros escudos caírem
Novos terão de ser construídos;
Com outros tijolos
Olhe bem fundo nos meus olhos
E perceba o que há em comum
Entre a minha energia e a do mundo
O tempo vivente é tempestuoso
Você pode acabar confuso



Mas tudo que é belo é tão sábio
A sabedoria do ser é tão forte
É o escudo que protege o Lótus
Dos nuances da sorte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

prezo muito as opiniões de todos, me alegram e inspiram a continuar passando a minha mensagem!