26 de jun de 2009

desde sempre


Vendo o Sol de Jah ascender
Vendo a Lua de Jah ascender
Subindo a montanha contemplo
O quanto ainda temos pra aprender

Desde muito antes
Da Obra de Deus virar babilônia
Já existiam os determinantes
De plenitude e felicidade.
Os homens acham que pensaram nisso antes
Mas seu raciocínio é delirante
Vêm do centro da Terra
E dos mares, do céu
As lições que levam o ser adiante.

Vem de dentro
Há ancestralidade na essência
desde muito antes do homem vir ao nascimento
há sabedoria e verdade
emanando do Prana a todo momento

24 de jun de 2009

num mesmo lugar


O mesmo lugar
Posso vê-lo todo dia
Com novos olhos, a transmutar
Vem à minha aura renovar
Vida leve
Cada momento especial, tão breve
Ao fluxo da vida estou entregue
Onde poderá me levar?
Com certeza para algum lugar, não negue.

Minha postura continua
Aperfeiçoando sem se abalar
Mudo sem baixar a freqüência
As transformações acontecem
Principalmente na consciência.

22 de jun de 2009

emancipe

Emancipe a si mesmo
Ninguém pode fazer isso além de você
Assumindo a alma rebelde aventure-se
Nos caminhos de dentro
Não perca o espetáculo
Da brisa tornando-se vento
Tormento
Amansa com o tempo
Não deixe passarem despercebidas
Sensações desconhecidas
Tente aberto conhecer
Toda a sabedoria oferecida

O conhecimento renegado
Volta se apresentando cada vez mais hostil
Não deixe por tanto tempo esses sinais de lado.

19 de jun de 2009

sociedade desequilibrada

Vejo estrelas pela janela
Faço a prece de gratidão
Por oferta tão bela,
enquanto...

Os arquétipos ; semelhantes
Estão frenéticos ; hesitantes
Ratos da babilônia
Política desvirtuada
Sociedade desequilibrada


Segregação social
Traz distúrbios tanto no físico
Como no plano espiritual

16 de jun de 2009

a dança




Dance para a deusa
A deusa que dança
No sonho do ser etérico
Aquela sedução que avassala
Grande mistério

Os sentidos bem-treinados
Exalam a segurança
Do ser bem-preparado
Encurtam a distância
Entre a dança do leigo e do sagrado.

Sutil à percepção
Tão avassaladora emoção
Com o conhecimento
Fica fácil distinguir
O que é holístico pro coração.

15 de jun de 2009

Lua


E essa Lua abençoada que guia
Sempre se mostra
Quando me vejo sem saída.

Tão conveniente!
Quando em apuros clamo aos céus:
Oh Lua, me oriente!
Não me desampare descontente

Não me deixe só
Junto ao desconhecido
Sente ao meu lado
E converse comigo;

Traga as estrelas
Pra nos acompanhar
Elas estão sempre à espreita
É só chamar –
Venham , venham
Essa noite me enfeitar
Para que eu consiga
À Lua enfeitiçar

Lua crescente
A aura transmuta igualmente.

quando fiz estes versos estava sob a lua crescente, crescendo
-


Ó lua brilhante
É meu único bem
Meu diamante
Único modo de alcançar
Estado extasiante.
Na solidão ou na multidão
A lua é a mais sincera amante.
A vida é sempre uma corda oscilante

13 de jun de 2009

plenitude

Como poderia esquecer
Da essência daquilo
Que viemos pra fazer
Do fluido inebriante
Que preenche todo o ser

Plenitude
A idéia dessa sensação
Tantas vezes me ilude

Não há como escolher
A qualidade de energia
Que vai te satisfazer
Aquela, que ao divino
Vai te remeter.

Elevação
Sinto cada átomo vibrando
Em uma só ação
Involuntária emoção


Sentir a integridade
Num agora
Visão que vem e vai
Sem demora
Privilégio só de alguns
Entender a mensagem da glória.

11 de jun de 2009

autêntico ser

Se faço o que digo
Não sei
Mas sou o que mostro
Nada mais
Não há vergonha na autenticidade
Preze por mostrar sua personalidade
Por mais estranho que pareça
Feio é perder a originalidade.
No ser essencial
Reside pouca maldade
Então, porque afinal
Não o conferimos plena liberdade?

8 de jun de 2009

beleza original

Bom dia raio-de-sol
Hoje te sinto ainda mais do que ontem
Me conferes união cada vez maior
Agradeço pela magia destas leves nuvens.

Ah você vai lembrar
Do momento que exalar sua personalidade
Aí que o ser torna-se capaz de amar
À si, ao firmamento, à integralidade
Com cuidado descobre
A sutileza que tem só na essência
Sensação sobe à aparência
A beleza original
Propicia poderosa vivência

Sempre vai me acompanhar-
Essa melodia
Posso afirmar
Que é sempre uma boa companhia.

Desde sempre
Há quem sinta
Desde sempre
Há quem hesita
Não é motivo
Pra ser mais um hipócrita.

6 de jun de 2009

possibilite



Não deixe de manter
Erguida tua cabeça
O Sol acaba por propiciar essa proeza,
Valorizá-la, com certeza.

Mentalize
Entre matéria e energia
Só há um nuance
Possibilite
O desabrochar do Lótus
Sem limitantes

Tudo começa com boa vontade
Pare de procurar uma
Válvula de escape
O fluxo está acelerando
Então não se atrase
Não há tempo
Pra planejar cada frase.

Espetáculo xamânico
A vivência
Do despertar vulcânico
Emergindo do âmago
A semelhança com a natureza
Sem pânico.

2 de jun de 2009

veja bem

Não há tempo para desperdiçar
Veja bem
O que é digno de energia empregar.
Corra atrás da Luz que tem
O poder dos corpos purificar.

Venha fazer essa viagem
Mas esteja preparado
Pra não acreditar no que é miragem
Assegura-te dos corpos bem conectados
A ascensão será uma
Rápida passagem.

Potencializar o potencial à plenitude
Olhar e ver o que é real
Mas também o que ilude
Viver todo o fractal
Estudar suas mensagens amiúde.


..