21 de mai de 2009

lucidez


Dez de maio de dois mil e nove
E esse tempo passa rápido
Sem que eu sequer note
Desafio essa destreza –
Se acha que me confunde,
Então me mostre!

Lembra-te dos males do passado
Certifica-te dos distúrbios,
Se já estão curados
Mas não vá tão longe,
Não abra mão da presença no seu estado.

E ondas e ondas e ondas
Me lembrando
Que ondas e ondas e ondas
Passam num instante

E o ciclo se inverte
A paz se anuncia
Quando eu contornar
O obstáculo que me fere
Com a força
Da nova concepção que me rege.

Há um jeito de tudo ser contornável
Em meio à turbulência
O ser demonstra resistência notável

Se segura em novos alicerces
Traz a arte à superfície,
Então manifeste!!!
A inspiração contida na
Sabedoria que você também segue –
Liberte!
Aquela Luz que protege.

Um comentário:

  1. É, amiga, o tempo passa mesmo rápido!
    Amei descobrir seu blog... depois volto com mais tempo!
    Um abraço!
    Luísa

    ResponderExcluir

prezo muito as opiniões de todos, me alegram e inspiram a continuar passando a minha mensagem!