24 de jun de 2009

num mesmo lugar


O mesmo lugar
Posso vê-lo todo dia
Com novos olhos, a transmutar
Vem à minha aura renovar
Vida leve
Cada momento especial, tão breve
Ao fluxo da vida estou entregue
Onde poderá me levar?
Com certeza para algum lugar, não negue.

Minha postura continua
Aperfeiçoando sem se abalar
Mudo sem baixar a freqüência
As transformações acontecem
Principalmente na consciência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

prezo muito as opiniões de todos, me alegram e inspiram a continuar passando a minha mensagem!