22 de jun de 2009

emancipe

Emancipe a si mesmo
Ninguém pode fazer isso além de você
Assumindo a alma rebelde aventure-se
Nos caminhos de dentro
Não perca o espetáculo
Da brisa tornando-se vento
Tormento
Amansa com o tempo
Não deixe passarem despercebidas
Sensações desconhecidas
Tente aberto conhecer
Toda a sabedoria oferecida

O conhecimento renegado
Volta se apresentando cada vez mais hostil
Não deixe por tanto tempo esses sinais de lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

prezo muito as opiniões de todos, me alegram e inspiram a continuar passando a minha mensagem!