28 de set de 2009

foco

menor que meu sonho
não posso ser
a linguagem das estrelas
não posso deixar de aprender
mas na cautela de fazer o próximo sofrer
me recolho para todos
ao entardecer
não adianta apressar o processo
a paciência é a chave do sucesso
não quero mais nada além
de sentir o progresso

eu sei que à meia - noite
vem o Sol brilhante
o Sol tão perto
o Sol radiante
paraíso descoberto
não veja a noite como retrocesso
tudo faz parte desse progresso

levanto a cabeça e olho para o mar
me diz para que não me esqueça
de pôr fé no meu ato de sonhar

agradeço os obstáculos
que levam para algum lugar
eles não estão lá ao acaso
no caso
sempre nos impelindo a iluminar
através de métodos que
nem sempre são sutis
muitas vezes são hostis
plantam dúvida
da alma à raiz
não dá pra fazer de conta
que não se faz presente a frequência dessa onda

é até mais fácil
quando se vive num ambiente agradável
com um ar assim tão estável
e ao mesmo tempo
tão perigoso
olhares maldosos por perto
conversas , diversas
pessoas , dispersas
tem cenas que não me parecem
muito corretas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

prezo muito as opiniões de todos, me alegram e inspiram a continuar passando a minha mensagem!