20 de nov de 2009

os cantos que vêm

ouça os cantos que vêm do Monte Sião
aguce os sentidos
pra sentir o chamado do coração
conquista minha alma
o ato que contém
o êxtase e a desgraça
como é bom ter a mente clara.

há tanta vida ao redor
todo dia me cobro
por dar o meu melhor
pra sentir e conhecer
dentro e fora, parar e ver
que o amor é um gesto simples
a dor caracteriza tempos difíceis

numa Terra tão bela
vejo um brilho que
só esse ar manifesta
essa gente tão alegre
e uma vida tão próspera
não dá pra deixar a aura inócua
uma flor morta
revive no ciclo
faça como ela, abra a porta
pra renascer de um lugar até então desconhecido
vejo o mar, águas e mata
vejo seres dançando,
manifestando forças inatas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

prezo muito as opiniões de todos, me alegram e inspiram a continuar passando a minha mensagem!